De acordo com uma recente notícia publicada no site da revista Grandes Escolhas, a região vitivinícola de Lisboa “está a crescer cerca de 20% no número de vinhos certificados e uma percentagem semelhante nos números de garrafas vendidas (mais cerca de 7 milhões)”, face ao ano passado. A notícia surge de um comunicado da Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa (CVR) e o crescimento pode estar sustentado pela abertura a novos mercados de exportação, mas também com um crescimento sustentado de vendas em mercados estratégicos. Entre as vendas fora e dentro da União europeia, “as exportações ameaçam ultrapassar os 50% da produção em 2019.” A mesma notícia apontava ainda para a reestruturação das vinhas por parte de muitos produtores de Lisboa, “com uma escolha de castas e de novos modelos de plantação direccionados para a qualidade, sustentabilidade e competitividade.” Também nós n’O Bar da Odete servimos vinhos da Região de Lisboa, sinónimo de novas razões para nos visitar. Temos o branco Lés-a-lés L’Immigrant, o tinto Quinta da Lapa Selection, o rosé S. Sebastião e dois outros vinhos de regiões de Denominação de Origem Controlada de Lisboa, o Arenae Colares, de Colares, e o Rubigo, de Bucelas.

Espero por si, #às7naOdete

Último Artigo